A forma de conduzir os negócios tem mudado constante e aceleradamente, o Licenciamento Windows Server 2016 acompanhou as tendências. Temos cada vez mais dados para gerenciar e esses dados precisam ser processados mais rapidamente, de forma

mais inteligente e mais portátil do que nunca.
Estas mudanças estão demandando inovações de hardware e no licenciamento de software.
Com a linha 2016 de produtos para servidores a Microsoft está mudando seu modelo de licenciamento para um modelo vinculado ao consumo. A licença será baseada no número de núcleos no servidor físico e não mais no número de processadores.
À medida que o hardware evolui surge uma maior e mais variada densidade de núcleos nos processadores. Para acompanhar esta evolução, o licenciamento por núcleos estabelece uma moeda comum, permitindo maior facilidade na mobilidade de dados e aplicativos entre servidores locais, servidores de nuvem e outros dispositivos.

 

 

Isto se traduz em um modelo de licenciamento mais flexível, instituído pelo número de núcleos de um servidor físico.

STANDARD EDITION – Licenciamento Windows Server 2016 com 2 VMs

Ideal para ambientes físicos ou levemente virtualizados;
Licença baseada por núcleo em que 01 licença cobre até 2 núcleos físicos em cada processador;
Mínimo de 16 núcleos/servidor e 8 núcleos/processador
Direito a até 2 ambientes de sistema operacional (OSEs ou máquinas virtuais) ou Contêineres do Hyper-V;
São necessárias CALs (client access licenses – licenças de acesso para cliente ) para cada usuário ou dispositivo que acessará o servidor
Todos os núcleos em um servidor físico devem ser licenciados para garantir a conformidade;
VMs adicionais: Basta relicenciar os núcleos físicos do serviço – 32 Núcleos com o Standard Edition;
Mais de 16 núcleos: Configurações de mais de 16 núcleos por servidor físico, na Standard Edition, serão cobertas por SKUs de licenciamento adicional.

DATACENTER EDITION – licença com número Ilimitado de VMs

Indicado para ambientes de nuvem altamente virtualizados híbridos e privados;
Direito a Ilimitados OSEs e Contêineres do Hyper-v;
Licença baseada por núcleo – cada licença cobre até 2 núcleos físicos em cada processador;
É necessário um mínimo de 16 núcleos por servidor e um mínimo de 8 núcleos por processador;
São necessárias CALs (client access licenses – licenças de acesso para cliente ) para cada utilizador ou dispositivo que acessará o servidor.


Saiba mais sobre o Windows Server 2016 visite: http://www.microsoft.com/windowsserver2016

1000 Characters left