Preparamos uma série de dicas para você que está iniciando sua carreira em tecnologia. Uma área bem grande, que apesar de explorada existem muitas vagas de emprego para serem completas aqui em Moçambique.

Muitas vezes você se pergunta: como começar em TI? Qual especialidade é a melhor? Qual paga mais? Desenvolvimento? Qual linguagem: JAVA? .NET? Infra-estrutura? De que? Redes? Servidores? As certificações realmente diferenciam os profissionais? Como está o mercado Moçambicano? E o mercado mundial? E seguem-se mais e mais perguntas sobre qual é o melhor caminho a seguir. Isso quando você não se depara com as mesmas perguntas durante o curso de sua carreira.

Como deve ser o inicio de um jovem na área de TI? Muitos falam que o indivíduo precisa de cursos, faculdade, uma excelente lógica, diploma, graduação, certificação de tudo que é possível e ainda exigem experiência. Mas caímos em um problema que não é exclusivo da área de TI, as empresas querem apenas profissionais já prontos, maduros. Querem profissionais que já estejam habituados com a pressão e que produzam desde o momento em que pisam na empresa. Sabemos que isso é impossível, até mesmo para o profissional mais qualificado. Acabamos em um labirinto sem saída, as empresas querem um profissional pronto, já moldado e preparado para a pressão que virá, mas dificilmente irão conseguir encontrar um jovem com esses requisitos
Saiba trabalhar em equipe
É recomendável ter a vontade de trabalhar com outras pessoas e saber que esta ação pode criar uma equipe de sucesso. O profissional deve sempre possuir a intenção de agregar valor ao setor onde ele atua. “Parece simples, mas o mundo é muito competitivo. Nem todos os profissionais têm estas características. É similar ao que acontece em time de futebol onde todos se esforçam ao máximo para a equipe ser a vencedora”, diz Candido da Silva, diretor de Desenvolvimento da Aplic.
Estude mais
Ainda de acordo com Ministério, a área de TI possui uma crise educacional. “Estude muito, seja esforçado e faça o máximo para se destacar na área. As empresas querem contratar profissionais que atualizam os seus conhecimentos constantemente”, diz. O diretor afirma que praticamente todas as pessoas que se formam em TI são contratadas pelas companhias, mas o mercado somente retém aqueles que possuem boa qualificação, como ampla sabedoria de diversos assuntos, habilidade para trabalhar em equipe e conhecimento actualizado
Seja autodidático.
O profissional que deseja trabalhar com TI não pode somente depender de cursos para reciclar o conhecimento na área. As tecnologias surgem a todo o momento e o profissional ficará em desvantagem se recorrer somente aos extensos métodos de ensino. Isso não quer dizer que o treinamento seja dispensável, mas o profissional precisa conhecer mais rapidamente as novidades do mercado, as alterações das linguagens de programação e os lançamentos de produtos”, lembra que os livros são indispensáveis e que não é somente na internet que a pessoa pode achar um conteúdo que complemente os estudos.
Conheça outros idiomas.
“Falar um segundo idioma é sempre bom. O mundo é global e as empresas possuem clientes em vários países. Além disso, a maioria do material de estudo não está em português”, comenta o diretor da Aplic. Já diz que “o Moçambique não é vanguarda em tecnologia e por este motivo recomendo que o profissional fale outros idiomas, especialmente o inglês. Com isso, a pessoa poderá procurar diversas fontes de notícias internacionais de TI”. Seja curioso - O interessado em iniciar a carreira em TI precisa manter ativa a “curiosidade infantil”. Segundo Paula Cristina, é ela que vai levar o profissional a atualizar os seus conhecimentos. “Quem lida com TI deve conhecer o há de novo na área. O iniciante precisa gostar de aprender e possuir a curiosidade pelas coisas para poder acompanhar a avalanche de atualizações”, diz.

1000 Characters left